O cavaleiro amador João Soller Garcia e os Forcados Amadores de Agualva-Cacém aproveitaram da melhor maneira a oportunidade “cedida” pela empresa de Arruda dos Vinhos para a novilhada do dia 12 de Agosto, onde saíram em plano de triunfadores. Foi um festejo com poucos motivos de interesse, onde houve novilhos a mais para toureiros ainda em plano inicial de carreira, desaproveitando-se assim as qualidades oferecidas pelos hastados da ganadaria Conde Cabral e S. Pedro.

João Soller Garcia foi o cavaleiro que mais convenceu nesta tarde. Mostrou bons apontamentos e alguma noção dos terrenos a pisar, onde as sortes foram desenhadas com gosto, assim como os remates das mesmas, resultando numa actuação de bom nível que lhe valeu o troféu em disputa.

Gonçalo Fernandes protagonizou uma actuação fria com pouco entendimento diante o seu novilhote de Conde Cabral, sobressaindo no violino e no palmito a encerrar lide.

Alexandre Gomes andou irregular na cravagem dos ferros apesar do excelente comportamento da sua montada dos curtos, a entrar ao pitón contrário, pena que não fosse melhor aproveitada.

Marcelo Mendes enfrentou o melhor novilho da tarde, um bravo hastado de Conde Cabral, com codícia e muita nobreza. Os sucessivos toques na montada e o perlongamento desnecessário da lide fizeram baixar o nível razoável da actuação, pois só à terceira tentativa é que conseguiu concretizar o par de bandarilhas.

Paulo d’Azambuja baseou a sua lide em ferros à tira e em redondo, em sortes algo aliviadas apesar da garra demonstrada.

Por fim, Filipe Ferreira protagonizou uma actuação demasiado modesta, a acusar os primeiros compromissos da sua carreira, em ferros demasiado dianteiros e descaídos.

Quanto à Forcadagem, tarefa acertada para o Grupo de Agualva-Cacém com três pegas ao primeiro intento por intermédio dos Forcados da Terra, Pedro Sabino, Carlos Carvalho e Vasco Lúcio, na pega da tarde que lhe valeu o prémio em disputa. Já os Amadores da Chamusca também não tiveram dificuldades para cumprir as suas funções, com duas pegas ao primeiro intento pelos forcados Luís Isidro e João Vasconcelos, sendo o último concretizado à primeira por João Sampaio após duas tentativas falhadas de Francisco Luz.

Direcção acertada de Lourenço Luzio com assessoria do médico veterinário Dr. José Manuel Lourenço, neste que foi o primeiro festejo da Feira Taurina de Arruda dos Vinhos.

Fonte: http://www.tourobravo.com/cronicas/2007/arrudadosvinhos2.html

Anúncios