“Jesuíta. N. na Arruda dos Vinhos, e a 15 de Janeiro de 1544 professou na Companhia de Jesus. 

Foi superior do colégio de Santo Antão, de Lisboa, até que deliberou ir missionar para a índia, e partiu a 24 de Março de 1553 na nau Santa Cruz, que teve de arribar a Lisboa por não poder seguir viagem.

Tornou a embarcar para a índia, mas desta vez com o vice-rei D. Pedro de Mascarenhas, e com ele aportou a Goa no dia 23 de Setembro de 1554. Passou depois em 1557 para as ilhas Molucas, onde sofreu grandes trabalhos, querendo matá-lo o rei de Geilolo. Não morreu então, mas veio a falecer nas ilhas, quando tratava de cumprir dignamente a sua nobre missão. Há dele cartas escritas das Molucas ou ao seu geral, ou aos padres da sua província de Portugal, dando conta de seus trabalhos, e também uma relação do martírio do P. João Baptista Machado. Ficou tudo manuscrito, menos a carta que escreveu ao geral, de que se fez um extracto em língua latina, publicado juntamente com outros em Lovaina em 1669”

 Fonte: http://www.arqnet.pt/dicionario/vieirafp.html

Anúncios