Vanessa Paulo, de Arruda dos Vinhos, foi coroada Rainha das Vindimas de Portugal, na segunda edição do certame, que teve lugar este sábado em Palmela. A candidata “da casa”, Tresinha Penedo, foi eleita 1.ª Dama de Honor.

A candidata n.º 1, Vanessa Paulo, de 19 anos de idade, proveniente de Arruda dos Vinhos venceu, sábado à noite, no Cine-Teatro S. João de Palmela, a segunda edição da Gala de eleição da Rainha das Vindimas de Portugal, que reuniu oito candidatas, naturalmente oriundas de terras de vinhos.

Vanessa Paulo recebeu a coroa, em jeito de testemunho, da primeira vencedora deste novo certame nacional relacionado com a vinha e o vinho, curiosamente também ela natural de Arruda dos Vinhos, de seu nome Patrícia Flausino, eleita em 2008, em Santarém.

Tresinha Penedo, de 20 anos, eleita Rainha das Vindimas de Palmela no ano passado, foi eleita 1.ª Dama de Honor, logo seguida de Inês Pedro, de 16 anos, do Cartaxo, que logrou ainda arrebatar o título de Miss Fotogenia.

O espectáculo de eleição da Rainha das Vindimas de Portugal conheceu este sábado, em Palmela, a segunda segunda edição, depois de Santarém, em 2008, onde o concelho palmelense se fez representar através da sua Raimnha desse ano, Vanessa Ferreira, e que arrebatou os três títulos: 2.ª Dama de Honor, Miss Fotogenia e Simpatia.

Num “quente”Cine-João (para quando a introdução de ar condicionado na sala?), as claques provenientes das diversas terras de vinhos, aplaudiram incondicional e ruidosamente as suas candidatas a este certame, respectivamente eleitas Rainha das Vindimas nas suas localidades.

A animação musical deste espectáculo esteve a cargo da Orquestra Palmela Encore, dirigida pelo maestro José Condinho. O júri do concurso foi composto por: Carla Calderira (ex. Miss Portugal), Ruio Minderico (fotógrafo), José Arruda (secretário-geral da AMPV), Henrique Jones (médico da Selecção Nacional de Futebol) e Luís Lobo da Silva (Adega Cooperativa de Palmela).

Esta gala de beleza teve lugar em Palmela devido ao facto desta vila ter concorrido e vencido a candidatura à “Cidade do Vinho”, uma nova e nobre iniciativa a cargo da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV), cujo objectivo se prende com a “divulgação e preservação dos vinhos e da vitivinicultura”.

Na qualidade de ‘anfitriã’ desta iniciativa, Ana Teresa Vicente, edil palmelense, subiu ao palco do S. João, na fase debaldar do concurso de beleza para dizer da sua satisfação, acrescentando que a iniciativa “é meritória de toda a nossa aposta”.

Fonte: http://www.osetubalense.pt/noticia.asp?idEdicao=346&id=12063&idSeccao=2741&Action=noticia