Uma distância de cerca de 36 quilómetros separa dois colégios com custos aproximados, mas num as actividades extra-curriculares são pagas e no outro são gratuitas. Já as preocupações são as mesmas: garantir verbas para manter um ensino de excelência.

A Renascença tentou apurar quanto custa um aluno no distrito de Lisboa. Para isso, analisou dois casos: o Colégio Moderno sem apoios e o Externato de Arruda dos Vinhos com contrato de associação.

Uma distância de cerca de 36 quilómetros separam estes dois estabelecimentos, que têm as mesmas preocupações: garantir verbas para manter um ensino de excelência, mas as fontes de financiamento são diferentes.

O Colégio Moderno vai buscar o dinheiro às propinas, revela a directora Isabel Soares. Aqui cada aluno, do básico, custa por mês entre 400 e 450 euros: feitas as contas às nove mensalidades, um jovem fica em 4.000 euros/ano.

No Externato João Alberto Faria, em Arruda dos Vinhos, cada aluno custa ao Ministério da Educação 4.200 euros/ano, como adiantou o director Nuno Faria.

No último ano lectivo, o externato recebeu do Estado sete milhões e meio de euros – pelos 1.600 alunos que frequentam o estabelecimento – tendo sobrado cerca de 135 mil euros para reinvestir na escola em computadores, outros equipamentos e reparações.

No Colégio Moderno a política é a mesma, mas vai mais longe: dos 1.800 alunos, 100 não pagam nada, pois recebem bolsas de estudo atribuídas pelo colégio. Também os filhos dos funcionários não pagam propinas – o quadro de pessoal conta com 250 profissionais.

Outras receitas vêm do pagamento das actividades extracurriculares: por mês podem ser entre mais 50 a 70 euros.

Uma fonte de financiamento que o Externato João Alberto Faria não tem. Disponibiliza perto de uma dezena de clubes, como por exemplo artes, xadrez, línguas, jornalismo e teatro, que os alunos não pagam. Com os cortes decididos pelo Governo, a escola deixa de receber um milhão e duzentos mil euros. O que levou à redução dos salários das 190 pessoas que trabalham neste externato.

Fonte: http://www.rr.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=92&did=141156