“Tenho o tempo do tempo”, diz Esmeralda, a protagonista do romance histórico “A Esmeralda do Rei”, de Paulo Pimentel. Num tempo tumultuoso – o séc. XII – em que as conquistas territoriais dominavam as atenções dos nossos reis, surge uma mulher que nos descreve o pulsar do dia a dia na Idade Média. Foi este o mote para que no dia 5 de fevereiro recebêssemos, da parte da manhã, a Federação de Esgrima Histórica, a Companhia Livre e a Associação de Esgrima da Rainha, que deram corpo ao que os alunos tinham lido no romance de Paulo Pimentel sobre o manejo de armas e as formas de guerra em Portugal, no séc. XII. Este grupo, que percorre o país a fazer recriações históricas, apresentou aos cerca de 150 alunos do 8.º ano da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro uma verdadeira aula viva de História de Portugal.

À tarde, foi a literatura, a poesia e a dança que dominaram a conversa com o escritor Paulo Pimentel, autor do romance histórico, e com a poetisa Catarina Gaspar, que, inspirada naquele, criou o livro de poesia “A Esmeralda, o Rei”. Centrados na descrição de Silves, na altura ainda território mouro, fizemos emergir a poesia e a literatura luso-árabe da Idade Média, com leituras feitas por vários alunos do 10.º ano. A dança do ventre, descrita poeticamente naquele livro, foi exemplificada por Vanessa Azevedo, professora de danças do ventre, em Caldas da Rainha. Uma tarde memorável onde, a partir de um livro, se construíram atividades de ligação quer à disciplina de Português, quer de História, quer de História da Cultura e das Artes para as turmas do 10.º ano da Esc. Sec. Rafael Bordalo Pinheiro.

Também inspirado no livro “A Esmeralda do Rei”, Carlos Oliveira, um escultor caldense, já com projecção nacional, realizou várias peças, alguma de grande dimensão, que integram uma exposição que está patente ao público durante o mês de fevereiro, nesta escola. No dia 21 de fevereiro, Carlos Oliveira veio dar o seu testemunho aos alunos das turmas de Artes Visuais, explicando todo o percurso que vai do desenho à produção em grande escala. Acompanhados no final com os chás e as compotas da Esmeralda, esta foi mais uma atividade em torno do livro e da leitura.

A bibliotecária
Noémia Machado

Fonte:  http://www.gazetacaldas.com/29465/esc-sec-rafael-bordalo-pinheiro/?fb_action_ids=513125408751503&fb_action_types=og.likes&fb_source=other_multiline&action_object_map=%7B%22513125408751503%22%3A523575491028215%7D&action_type_map=%7B%22513125408751503%22%3A%22og.likes%22%7D&action_ref_map=%5B%5D