Category: Cardosas


2013_carnaval_cardosas

Anúncios

António Joaquim Reis, autarca em Arruda dos Vinhos, perde as horas ao tempo em que deixa a função de presidente da junta para ser coveiro ou pintor, um benefício traduzido na poupança de milhares de euros.
Nas Cardosas, com menos de 900 habitantes e 11 quilómetros quadrados de área, os recursos são sempre escassos para resolver os problemas da população e fazer a manutenção da freguesia, inserida no meio rural.

António Joaquim Reis ganhou a presidência da junta de freguesia há três anos (pelo PSD) e, desde essa altura, reparte o seu tempo entre a autarquia e uma empresa ligada à indústria aeronáutica, em Alverca, onde trabalha há 40 anos.

O «gosto pela terra» move o autarca de 55 anos, que começa todos os dias às 7h30 a trabalhar ao lado dos poucos funcionários da junta, ora em cima de andaimes a pintar, ora a podar árvores ou a aparar arbustos, ora a asfaltar estradas ou até a ajudar o coveiro no cemitério.

Desta forma, não paga a mais funcionários nem adjudica obras a terceiros e não gasta o dinheiro que não tem no escasso orçamento da junta, que passou dos 93 mil para os 59 mil euros anuais.

«Dedico-me por carolice, porque não é o subsídio de 270 euros que recebo que me paga a conta do meu telemóvel ou os combustíveis usados em prol da junta», explica o autarca, que já chegou a transportar vigas e cimento para obras no seu veículo pessoal.

«Se voltar a candidatar-se, vou votar nele. Estou muito satisfeita com o trabalho. Ele cortou os arbustos todos na estrada. Chega a trabalhar mais do que os próprios funcionários da junta», conta Mariana Campos, residente na freguesia.

Depois de cortar a relva no miradouro da freguesia com maquinaria pessoal, António Joaquim Reis conta que é na rentabilização e na poupança dos poucos meios de que dispõem que as juntas de freguesia conseguem prestar um bom serviço às suas populações.

«No ano passado, pintámos o edifício da junta e a despesa nem a 500 euros chegou porque a mão-de-obra foi minha e de um outro funcionário. Como é um edifício alto e grande, se fosse de empreitada era preciso 5.000 euros», exemplifica.

Estes motivos levam o autarca a considerar que as freguesias rurais não devem ser reduzidas e que a reforma administrativa prevista pelo Governo «desanima» muitos autarcas.

À semelhança de muitas freguesias do país, os três elementos do executivo da junta ganham 700 euros no total. «Se a junta fosse extinta e se mantivesse a secretaria a funcionar, qual seria a despesa para o Estado?», questiona.

António Joaquim Reis defende que os gastos das freguesias correspondem a 1% do Orçamento do Estado e da transferência de muitas câmaras municipais, como é o caso da de Arruda dos Vinhos: «A câmara tem um orçamento de 16 milhões de euros. As juntas recebem no total 150 mil euros, logo é 1%».

Cardosas esteve na lista das freguesias para agregar no âmbito da reforma administrativa, mas com a mudança da lei, que deixou de fora concelhos com até quatro freguesias, passou a prever-se a sua manutenção.

Lusa/

14-09-2012 

09:00 › Alvorada de 21 tiros a anunciar o início das festas
17:00 › Música difundida por aparelhagem sonora
20:00 › Abertura do bar da comissão, com bebidas e petiscos
20:00 › Abertura da quermesse, com valiosos prémios
21:00 › Atuação de grupo de Hip-Hop “Unnamed Crew”
21:30 › Atuação do grupo “Chafaristas” da Santa Casa da Misericórdia de Arruda dos Vinhos
22:00 › Largada de touros, da Ganadaria Brava da Quinta Sabrido, seguindo-se a noite da sardinha assada e pão, oferta da Junta de Freguesia de Cardosas.
23:45 › Atuação do grupo de danças sevilhanas “Las Guapas” e do grupo flamenquito “Tres Sangreas” (Organização do C.D.R.C. Cardosas)
Neste dia as entradas são gratuitas.

15-09-2012
09:00 › Alvorada
10:00 › Missa por alma dos paroquianos falecidos
12:00 › Música difundida por aparelhagem sonora
14:30 › Abertura do bar da comissão, com bebidas e petiscos
14:30 › Abertura da quermesse, com valiosos prémios
15:00 › Atuação do Rancho Folclórico do Livramento – Mafra
16:00 › Atuação do grupo cantares de música populares “Janeiro Musical”, da Amadora
17:00 › Largada de touros da Ganadaria Brava da Quinta Sabrido
21:00 › Início do da atuação do conjunto “Turno da Noite”
21:00 › Tempo de Oração, na Igreja
22:00 › – Atuação das marchas do Clube Recreativo Desportivo Arrudense e do Clube Desportivo Recreativo e Cultural de Cardosas
23:00 › Atuação de Manuel Melo, artista do programa da TVI “A tua cara não me é estranha”
16-09-2012

08:00 › Alvorada
08:00 › Abertura do bar da comissão, com bebidas e petiscos
08:30 › Concentração para o 9.º Passeio de Vespas (só vespas)
09:30 › Partida do 9.º Passeio de Vespas, pelo Concelho de Arruda dos Vinhos
12:00 › Chegada das Vespas, seguindo-se o almoço para os participantes e inscritos
14:30 › Música difundida por aparelhagem sonora
14:30 › Chegada da “Banda de Música da Santa Casa da Misericórdia de Arruda dos Vinhos”
15:00 › Abertura da quermesse, com valiosos prémios
15:45 › A Banda de Música acompanhará os juízes da festa, Lúcia Raquel Afonso Costa e Miguel Jorge Costa Nunes, à Igreja
16:00 › Missa solene em Honra do Padroeiro S. Miguel Arcanjo
17:00 › Procissão em Honra de S. Miguel Arcanjo, acompanhada pela “Banda de Música da Santa Casa da Misericórdia de Arruda dos Vinhos”
18:45 › Concerto pela referida Banda
21:00 › Inicio do arraial com “Sónia e Ricardo”, pela noite dentro.

1826, Venda de imóvel na Rua Larga, Arruda

1826, Arrendamento da Comenda de Arruda

1826, Novo Arrendatário da Comenda de Arruda

1826, Procura de Casal nas Cardosas, Arruda

1826. Venda de vinho e azeite na Quinta da Pataca, Arruda

Venda de imóvel na Rua Larga de Arruda dos Vinhos, Arrendamento e novo Arrendatário da Comenda de Arruda, Casal nas Cardosas, Venda de vinho e azeite na Quinta da Pataca

16-09-2011
   
09:00  ›   Alvorada de 21 tiros a anunciar o início das festas  
15:00  ›   Música difundida por aparelhagem sonora
20:00  ›   Abertura do Bar da Comissão de Festas, com bebidas e petiscos
20:30  ›   Abertura da Quermesse, com valiosos prémios 
21:00  ›   Atuação de grupo de Hip-Hop “Unnamed Crew” 
22:30  ›   Largada de Touros da Ganadaria Caseirito, seguindo-se a noite da sardinha assada e pão, oferta da Junta de Freguesia de Cardosas. 
 
17-09-2011
  
08:30  ›   Concentração para o Passeio de BTT, organizado pelo Clube Desportivo, Recreativo e Cultural de Cardosas 
09:00  ›   Alvorada
09:15  ›   Partida para o Passeio de BTT 
10:00  ›   Missa por alma dos paroquianos falecidos 
11:30  ›   Música difundida por aparelhagem sonora 
14:30  ›   Abertura do Bar da Comissão de Festas, com bebidas e petiscos. Abertura da Quermesse com valiosos prémios  
15:00  ›   Atuação do “Grupo de Cavaquinhos da Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos de Alverca” 
16:00  ›   Atuação do Grupo de Danças Oriental do Clube Recreativo Desportivo Arrudense  
17:00  ›   Largada de vacas da ganadaria Caseirito  
21:00  ›   Início do arraial, no Largo das Cardosas, com o “Grupo de Baile Via Láctea”  
21:00  ›   Oração de vésperas e confissões, na Igreja 
23:00  ›   Atuação, no Largo das cardosas, do artista “Flávio Serrinha” 

18-09-2011
   
08:00  ›   Alvorada
08:00  ›   Abertura do Bar da Comissão de Festas, com bebidas e petiscos  
08:30  ›   Concentração para o 8.º Passeio de Vespas (só vespas) 
09:30  ›   Partida do 8.º Passeio de Vespas, pelo Concelho de Arruda dos Vinhos 
12:00  ›   Chegada das Vespas, seguindo-se o almoço para os participantes e inscritos 
13:00  ›   Música difundida por aparelhagem sonora  
14:30  ›   Chegada da “Banda de Música da Santa Casa da Misericórdia de Arruda dos Vinhos”
15:00  ›   Abertura da Quermesse, com valiosos prémios
15:45  ›   A Banda de Música acompanhará os Juízes da Festa: Cláudia Filipa Neto da Silva e Frederico Oliveira Martins, à Igreja
16:00  ›   Missa solene em Honra do Padroeiro S. Miguel Arcanjo     
17:00  ›   Procissão em Honra de S. Miguel Arcanjo, acompanhada pela “Banda de Música da Santa Casa da Misericórdia de Arruda dos Vinhos”     
18:30  ›   Concerto pela “Banda de Música da Santa Casa da Misericórdia de Arruda dos Vinhos”
21:00  ›   Inicio do Arraial, no Largo de Cardosas, com o grupo de baile “Raul e Eu + Empregados”
22:00  ›   Atuação da Marcha do Clube Recreativo Desportivo Arrudense. Continuação do Arraial

História da freguesia das Cardosas, publicada há uns anos num Boletim da Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos

Ficheiro enviado por Alfredo do Vale, das Cardosas

A população da freguesia de Cardosas, em Arruda dos Vinhos, está preocupada com o TGV pelo facto do traçado ir obrigar à demolição de algumas casas e por não saber ainda que solução lhes será apresentada.

“A passagem do TGV vai acarretar dificuldades a muita gente, uma vez que são sete casas, um barracão e algumas garagens [que serão demolidos] e portanto há toda uma questão a resolver”, começou por explicar à Agência Lusa o presidente da Junta de Freguesia de Cardosas, Ilídio Fernandes.

A freguesia de Cardosas é uma das afectadas com a passagem da linha de alta velocidade, projecto cuja Avaliação de Impacte Ambiental vai estar em fase de consulta pública até 16 de Janeiro.

Segundo o presidente da Junta de Freguesia, da parte da Rede Ferroviária de Alta Velocidade (RAVE) já veio a garantia que o projecto irá avançar, com as expropriações para 2009 e as necessárias demolições para final de 2010.

Entre a população impera a incerteza em relação ao futuro.

“Como é que eu vou ficar deve estar nos segredos dos Deuses”, diz Carlos Batista, 62 anos e a viver há perto de 20 anos nas Cardosas, na casa que ele próprio ajudou a construir.

Carlos Batista já se mentalizou que o mais certo é a sua casa ser uma das que vai ser totalmente demolida, mas gostava de saber que solução lhe vai ser apresentada porque, como explicou, o assunto indemnizações “nunca foi abordado”.

Horácio Santos, 59 anos, outro habitante de Cardosas que se vê na iminência de ficar sem a casa que construiu com o sogro e onde vive há 30 anos, disse que desde que a família soube, há cerca de dois meses, que a linha do TGV iria atravessar a freguesia, a família nunca mais teve sossego.

“A nossa vida é aqui, o meu sogro não dorme de noite, a minha mulher a mesma coisa. Isto é uma coisa muito complicada”, justifica.

Para Horácio Santos quando as obras avançarem “vai ser o pandemónio”, mas espera que lhe seja dada uma alternativa.

“Isto terá de ser resolvido. Eu quero uma casa igual a esta ou então ser indemnizado com condições para comprar outra casa como esta”, adianta.

“Para estas pessoas não há solução. Talvez haja quando for formalizado o projecto final”, remata o presidente da Junta de Freguesia.

Fonte: http://www.omirante.pt/noticia.asp?idEdicao=54&id=27226&idSeccao=479&Action=noticia

Uma aula taurina com a participação de alunos da Escola de Toureio José Falcão , duas largada de toiros, convívio Tuning e a grande Noite de Fados são as grandes apostas deste ano das tradicionais festas em honra de São Miguel Arcanjo, que se realizam em Cardosas, freguesia de Arruda dos Vinhos, entre 9 e 17 de Setembro. Os festejos irão prolongar-se por dois fins-de-semana consecutivos, esperando a comissão de festas, recentemente constituída, satisfazer a população de todas as camadas etárias.

Para além das actividades de cariz taurino, a festa anual da freguesia de Cardosas vai incluir também, e a pensar na camada de população mais jovem, o primeiro Concurso de Desenho das Cardosas, actuação de dois grupos de dança Hip Hop, discoteca e um passeio de vespas. Vai incluir também a tradicional procissão, folclore, música popular portuguesa, bailes, noite da sardinha assada, e quermesse.

No sábado, dia 9, às 17h00 Aulas práticas com a intervenção da Escola de Toureio José Falcão. Serão lidados 2 (dois) novilhos em pontas, da Ganadaria Vila Galé com a participação dos alunos Júlio Antunes (filho do Maestro José Júlio), Miguel Murtinho, Quequi da Moita, António Gadelha e João Sintra. Estão prometidas outras surpresas para os curiosos.

Ainda neste dia, a partir das 22h00, a comissão decidiu organizar uma noite de fados, com nomes como António Passão, Manuela Cavaco, Nuno de Aguiar (o criador do fado “Bairro Alto”), José Manuel Rato, António Santa Maria e a Marta Rosa, vencedora da Grande Noite do Fado, e outras surpresas fadistas acompanhados na Guitarra Portuguesa por António Jorge e na Viola por João Ramos. Esta noite de fados tentará percorrer todo o tipo de fado, desde o Fado dos Marialvas, Fado de touros, ao Fado de Lisboa e de Coimbra. As mesas, tradicionalmente decoradas, terão de ser reservadas com antecedência (965700058 ou 964360272). A Comissão de Festas promete um espectáculo com o verdadeiro “sentido” do Fado.

O programa do segundo fim-de-semana da festa, entre 15 e 17 de Setembro, segue a linha habitual, destacando-se a noite da sardinha assada, oferecida pela comissão, na sexta dia 15 com a tradicional largada de touros. No dia 16, destaca-se o reforço de actividades para os mais jovens: convívio Tuning, seguido de almoço para os inscritos; às 15h00 actuação de dois grupos de hiphop. A partir das 21h30 inicia-se o arraial com o Grupo de baile TombaMúsica e às 22h00 o Grande espectáculo da Rebeca e suas bailarinas. Pela noite fora a noite da Discoteca.

No domingo, 17, será efectuado o 3º Passeio de vespitas. Às 17h00 a tradicional Procissão em honra do Padroeiro, S.Miguel Arcanjo, seguindo-se um espectáculo com a Banda Filarmónica de Pontével. Às 19h00 Entrega dos Prémios do Concurso de Desenho das Cardosas, que se realiza pela primeira vez e pretende cativar as crianças e jovens da Freguesia, dos 5 aos 18 anos, a expressarem a sua criatividade. Às 21h00 a actuação de bailarinas de Dança do Ventre “Yolanda” e a partir das 22h00, e pela noite fora, arraial com o Grupo de Baile R.J.F.

Em todos os dias da festa os visitantes poderão contar com o apoio afável da Comissão de festas, participar na Quermesse, que terá brindes fantásticos e poderão ainda provar os petiscos tradicionais que estarão à disposição no Bar da Comissão.

Fonte: http://www.jornalalenquer.com/noticia.asp?idEdicao=51&id=3420&idSeccao=422&Action=noticia